ATENDIMENTO (19) 3565-7490

  1. 28/11/2017 14:52

    A Esquadrilha da Fumaça agitou o final de semana nas cidades de Barbacena-MG e Rio de Janeiro-RJ. Apesar do tempo fechado mais de 50 mil pessoas prestigiaram as apresentações nos dois locais. Os eventos contaram com uma programação extensa de atividades aeronáuticas para que o público conhecesse de perto o trabalho realizado pela Força Aérea Brasileira. No sábado, dia 21, os sete A-29 Super Tucano estiveram em Barbacena-MG. A cidade é sede da Escola Preparatória de Cadetes do Ar, escola de ensino médio da Força Aérea Brasileira que inicia a formação do futuro Oficial Aviador da FAB. Para os jovens que têm interesse em ingressar na EPCAR, é necessário ter entre 14 e 19 anos, no ano da matrícula. O site para o concurso é: ingresso.afaepcar.aer.mil.br. O “Sábado Aéreo da Epcar” teve um gostinho especial para o Capitão Aviador Pedro Augusto Esteves, piloto da posição número 5. “Eu sou natural de Barbacena e voar com a Fumaça na minha cidade é a realização de um sonho de infância”. Ana Esteves, mãe do piloto, acompanhou tudo de pertinho. “A apresentação foi muito linda! A realização dele é a minha em dobro”. No dia seguinte, foi a vez do “Musal Air Show”, que aconteceu no Rio de Janeiro-RJ. Há mais de 30 anos o Museu Aeroespacial abre suas portas no Campo dos Afonsos para a população local e expõe seu acervo histórico com mais de 100 aeronaves. O evento fez parte das comemorações da Semana da Asa e emocionou a costureira Célia Aparecida. “Meu pai me trazia sempre nos eventos aeronáuticos. Hoje eu trago meus netos e a emoção é ainda maior”. Reencontros O fim de semana foi também de reencontros com Fumaceiros de outras épocas. Ex-comandante da Esquadrilha, o Brigadeiro do Ar José Aguinaldo de Moura agora está à frente da Epcar. “Reencontrar a Fumaça é sempre muito bom. Passei bons momentos com essa equipe”. No Campo dos Afonsos tivemos a honra de encontrar o Suboficial Sildemar Luiz Coelho, um dos primeiros Anjos da Guarda da Esquadrilha da Fumaça. “Trabalhei na Esquadrilha lá no comecinho, ainda na época do T-6, e tenho muito orgulho e saudade dessa época”. Com a voz embargada, o Suboficial Sildemar se comoveu ao lembrar do seu ex-comandante, o Coronel Artur Braga. “Nós tínhamos uma relação muito próxima e é bom ver que construimos juntos um legado”.

  2. 28/11/2017 14:38

    Os rumos do show aéreo no Brasil. Este foi o tema principal do primeiro dia de palestras da 2ª ASA BRASIL que aconteceu neste sábado, dia 11 de novembro, no Aeroclube de São Paulo. Grandes nomes do aerodesporto no país, como o astronauta Marcos Pontes e o paraquedista Luigi Cani, apresentaram suas palestras para mais de cem profissionais da área de aviação. A abertura da ASA foi feita pelo Chefe de Operações da Esquadrilha da Fumaça, Tenente-Coronel Marcelo Oliveira da Silva, que mostrou a importância do evento e a programação a ser realizada nos dois dias da convenção. As primeiras palestras ressaltaram a importância de promover a educação em eventos aéreos. Na apresentação do piloto número 6 da Esquadrilha da Fumaça, o Capitão Felipe Barra explicou o termo “STEM”, um acrônimo em inglês usado para designar as quatro áreas do conhecimento: Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática. O termo tem a função não só de identificar as quatro áreas, mas também de interligá-las, incentivando a aprendizagem interdisciplinar, com foco na aplicação prática do aprendizado. Alusiva a esta ideia, foi apresentada a proposta da Fumaça com a empresa Embry Riddle, cujo objetivo é a criação de materiais educacionais voltados para escolas e faculdades, buscando incentivar a presença do tema aviação nessas instituições. Em sequência, o conhecido astronauta Marcos Pontes apresentou seu projeto “Inspirando Gerações”, mostrando como um evento pode congregar shows aéreos e, ao mesmo tempo, projetos educacionais voltados para os participantes. “Iniciamos a proposta Inspirando Gerações há três anos na cidade onde nasci, Bauru, e pretendemos realizar mais quatro Arraiás Aéreos em 2018, fomentando ainda mais a educação entre crianças e jovens por todo o Brasil”, complementou. Como exemplo de uma carreira de grande sucesso no aerodesporto, o famoso paraquedista Luigi Cani apresentou, em sua palestra, sua experiência de montagem de projetos, arrecadação de patrocinadores para a realização dos mesmos e a necessidade de ter persistência na busca pela efetivação das ideias e dos sonhos dos empreendedores. Na parte da tarde, a primeira palestra apresentou as experiências e as dificuldades de uma gestão de eventos. A organizadora dos Portões Abertos do Parque de Material Aeronáutico (PAMA-SP), Edna Nunes, mostrou as ações necessárias e os percalços de um grande evento. E finalizou sua palestra, usando uma frase que permeou toda a sua experiência na área: “o sucesso de todos é a participação de cada um”. Representando a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Wagner de Souza Moraes, mostrou todas as evoluções da regulamentação de shows aéreos e ressaltou a importância de que seja criada uma entidade representativa voltada para o desenvolvimento de shows aéreos no Brasil. O primeiro dia terminou com o piloto da Esquadrilha da Fumaça, Major José de Almeida Pimentel Neto, conduzindo a criação da pré-agenda de shows aéreos pelo Brasil em 2018. Ele fez questão de lembrar que a sugestão não é uma agenda da Esquadrilha da Fumaça e, sim, uma agenda geral de shows aéreos pelo Brasil. A cada mês, os organizadores de shows aéreos participantes da convenção puderam sugerir suas datas de eventos para facilitar na racionalização da agenda, desconflitando as datas pelo país. O evento continua neste domingo, dia 12 de novembro, com a apresentação de mais cinco palestrantes, sendo dois deles norte-americanos. Confira a programação no link: www.fumaca.org/asa2017.

  3. 28/11/2017 14:28

    “A ideia da segunda edição da ASA BRASIL é ampliar o sucesso da primeira convenção ocorrida em 2016”. A afirmação é do Comandante da Esquadrilha da Fumaça, Tenente-Coronel Líbero Onoda Luiz Caldas. Na 2ª Convenção para Agenda de Show Aéreo Brasileira, a ASA BRASIL, pretende-se criar uma agenda de shows aéreos no país, promovendo um melhor planejamento dos eventos, facilitando para todos os participantes de demonstrações aéreas no Brasil em geral. A grande intenção da ASA BRASIL é criar um grupo de representação do show aéreo no país, dando voz a uma coletividade que trabalha com a área. Na primeira edição do evento, tentou-se lançar a ideia da concepção de uma entidade. Já na segunda, pretende-se dar os primeiros passos reais para facilitar na efetivação desta entidade. “Estamos abrindo as portas, promovendo o intercâmbio entre os participantes para que possam se organizar em busca de um melhor planejamento”, salientou o Ten-Cel Caldas. Ele ainda ressaltou que os temas a serem abordados nas palestras do evento já foram lançados nos fóruns de discussão para que os participantes possam apresentar conhecimentos prévios e chegar à ASA com maior embasamento. Overview of the Air Shows Industry A ASA BRASIL terá dois palestrantes internacionais. O primeiro é o CEO da International Council of Air Shows (ICAS), o Conselho Internacional de Shows Aéreos (ICAS), John Cudahy. Ela irá falar sobre como são feitos os shows aéreos nos E.U.A. e Canadá, países que muito priorizam a segurança nos voos e dos espectadores, e como é a relação dos organizadores dos eventos com a entidade governamental dos Estados Unidos, a Administração Federal de Aviação (FAA), responsável pelos regulamentos da aviação civil. Outro tema a ser abordado por ele é o próprio ICAS. Na apresentação, será mostrada a estrutura do conselho, as atribuições do ICAS e da FAA e os planos de expansão além dos E.U.A. e Canadá, como México, China, Austrália e Brasil. Air Boss em show aéreo Air Boss é um termo utilizado para designar o Chefe de Operações de um show aéreo nos Estados Unidos. Um dos Air Boss mais conceituados do mundo, Raplh Royce, fará uma palestra, a segunda internacional da ASA, sobre a sua experiência de 41 anos em mais de 100 shows aéreos pela América do Norte, em eventos como o “Wings Over Houston Airshow”, e os 50 anos da Força Aérea dos Estados Unidos. Regulamentação de shows aéreos Como representante da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Wagner de Souza Morais irá mostrar as recentes atualizações na regulamentação que irão influenciar nos shows aéreos. Sua palestra irá abordar os regulamentos, doutrinas e ideias que irão direcionar o público para compreender melhor as perspectivas do show aéreo nos próximos anos, criando possibilidades de negócios. Agenda Brasileira de Shows Aéreos Assim como foi feito no ano passado, o público da ASA BRASIL irá se reunir para sugerir uma agenda de shows aéreos no país em 2018. Assim, organizadores, patrocinadores e demonstradores poderão ter um planejamento anual, conciliando eventos e desconflitando datas, de forma a criar uma sequência lógica para racionalizar a agenda de shows aéreos pelo Brasil. Representação de show aéreo no Brasil Através de um debate entre o público presente e da apresentação de uma proposta de estatuto, serão dados os primeiros passos para a criação de uma entidade de representatividade ao show aéreo no Brasil. O debate será mediado pela ASA Brasil, e a proposta será apresentada pelo Comandante Francisco Lyra, sócio do International Brazil Air Show (IBAS), organizador por sete anos da LABACE e ex-presidente da Associação Brasileira de Aviação Geral (ABAG), Membro do Conselho Diretor do International Business Aviation Council (IBAC). Francisco Lyra vem estreitando laços com o ICAS, FAA, demonstradores e entidades civis e militares do Brasil para tentar promover o show aéreo brasileiro. Carreira e sucesso no aerodesporto Um dos atletas brasileiros mais populares no esporte-paraquedismo no Brasil, Luigi Cani, será um exemplo de sucesso apresentado na ASA. Sua palestra irá abordar a forma de se manter no Brasil, de forma promissora, na carreira de aerodesporto, além de outros detalhes, como criação de projetos e busca de patrocinadores. Educação e Tecnologia em Show Aéreo Além do interesse em criar uma agenda de shows aéreos no Brasil e uma entidade que possa representar os envolvidos na área, o evento também apresenta palestras que foram pensadas para todos os tipos de públicos, obtendo ganhos no cenário do show aéreo. Um dos temas a serem abordados é Educação e Tecnologia, mostrando o projeto já existente nos E.U.A. de agregar valor ao evento aéreo, aproximando o mundo da aviação a uma visão educacional. Várias são as formas de estabelecer esse contato, e três delas serão mostradas em palestras no evento. O projeto da empresa Embry Riddle com a Fumaça visa produzir materiais educacionais a serem levados para estudantes de escolas e de faculdades, a fim de levar conhecimento sobre todos os bastidores necessários para se atingir o sucesso no show aéreo. Dessa forma, haverá um incentivo para que estudantes possam conhecer o trabalho dos profissionais, motivando-os a seguir as várias carreiras da aviação. Mais duas ideias serão apresentadas na ASA, como o projeto SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) de levar conhecimentos e informações sobre profissões ligadas à aviação para eventos aéreos, por meio de educação móvel, e a proposta “Inspirando Gerações” da Fundação Astronauta Marcos Pontes, já iniciada há alguns anos na cidade de Bauru (SP), onde o evento aéreo apresentou muito mais do que shows de aviação, mas também pretendeu infundir às pessoas a busca pelos seus sonhos. Experiência e shows aéreos no Brasil História viva de shows aéreos no país, conhecido pelo voos liderando os lendários T-6 e o belíssimo Beachcraft do Circo Aéreo Extreme, Carlos Edo irá apresentar sua história, doutrinas e idéias sobre o tema e como é viver de show aéreo no Brasil. Planejamento logístico de shows aéreos As ações necessárias para se organizar um grande evento na área de aviação serão apresentadas pela promotora Edna Nunes. Por muitos anos, ela vem organizando eventos na área, como os “Portões Abertos” de São Paulo, em que estiveram presentes mais de 100 mil pessoas. Participação da Esquadrilha da Fumaça em shows aéreos O público da ASA também poderá assistir à apresentação do Capitão Thiago Romeiro Capuchinho, piloto número 2 da Esquadrilha, sobre as obrigações operacionais e logísticas da Fumaça em uma atividade fora de sede, incluindo as atividades da missão precursora, durante e após as demonstrações: as necessidades de cada etapa, os atores envolvidos na missão etc. *Outras informações com a Seção de Comunicação Social da Esquadrilha da Fumaça pelo telefone: (19) 3565-7236. *Inscrições para o evento: http://www.fumaca.org/asa2017/*

  4. 27/10/2017 08:59

    A “2ª Convenção para Agenda de Show Aéreo Brasileira” - Asa Brasil - já tem data marcada para acontecer em São Paulo, nos 11 e 12 de novembro, no Aeroclube de São Paulo. O encontro visa reunir profissionais que se envolvem, das mais diversas formas, com eventos da área de aviação para discutir e analisar a importância de se ter uma programação de shows aéreos de qualidade pelo país, como forma de facilitar a organização desse tipo de atividade. O Comandante da Esquadrilha da Fumaça, Tenente-Coronel Líbero Onoda Luiz Caldas, frisa sobre a importância do evento. “A primeira convenção, no ano passado, foi muito satisfatória para todos os envolvidos. Durante a Asa, conseguimos chegar a uma possível programação anual de eventos aéreos, contando com a participação da Fumaça. A maioria pôde ser efetivada e pudemos atender a vários pedidos feitos por todo o país. Sem falar que as palestras apresentadas durante a Asa Brasil também foram frutíferas e geraram novas ideias que auxiliam bastante os profissionais da área”, esclareceu. O público-alvo da convenção é composto por organizadores, patrocinadores e demonstradores de shows aéreos, como pilotos, paraquedistas e aeromodelistas, interessados em realizar eventos profissionais e de qualidade na área. Os objetivos perpassam por vários temas, como planejamento e compatibilização de agendas, otimização dos meios, sobretudo os aéreos, elevação da confiabilidade, segurança de voo e aumento da qualidade dos eventos aeronáuticos. Inscrição Outras informações sobre a convenção e as inscrições podem ser conferidas no site: www.fumaca.org/asa2017. Acompanhe também as novidades e todas as informações da ASA BRASIL no site:www.fab.mil.br/eda e nas redes sociais da Esquadrilha da Fumaça.

4 Produto(s)

Direção Descendente