ATENDIMENTO (19) 3565-7490

  1. 20/12/2017 14:01
    “A Esquadrilha da Fumaça é uma fonte de inspiração para mim, pois amo aviação”. A afirmação é da professora Pâmela Trevisan, após assistir à demonstração da Fumaça neste sábado, dia 2 de dezembro, na cidade de Guararapes, no interior do estado de São Paulo. Cerca de três mil pessoas prestigiaram o evento. A apresentação fez parte da abertura da programação das festividades do aniversário do município, que será, oficialmente, dia 8 de dezembro. *Ao lado de sua filha de 5 anos, Karol Trevisan, Pâmela ressaltou que já assistiu, por cinco vezes, às demonstrações da Fumaça e fez questão de levar sua filha para assistir a este show em Guararapes*. “Todas as apresentações são inesquecíveis. A Esquadrilha da Fumaça é maravilhosa. Espero que continuem nos trazendo alegria sempre”. Na manhã desta segunda-feira, dia 4 de dezembro, o piloto número 3, Capitão Lucas Pacheco Yoshida, apresentou a palestra institucional da Fumaça para cerca de 150 estudantes da Escola João Arruda Brasil, em Guararapes. *Outras informações com a Seção de Comunicação Social da Esquadrilha da Fumaça pelo telefone: (19) 3565-7236.
  2. 19/12/2017 14:55
    Dois integrantes da Esquadrilha da Fumaça participaram de uma das mais importantes reuniões relacionadas a shows aéreos internacionais entre os dias 2 e 6 de dezembro, na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos. O Comandante da Esquadrilha da Fumaça, Tenente-Coronel Líbero Onoda Luiz Caldas, e o piloto Ala Direita Externa, Major José de Almeida Pimentel Neto, representaram a Fumaça no International Council of Air Shows (ICAS) que promove e organiza festivais aéreos na América do Norte. A Esquadrilha da Fumaça é o único esquadrão aéreo militar da América do Sul que participou desse conselho, juntamente com algumas esquadrilhas da América do Norte, como Thunderbirds (Força Aérea Americana), Blue Angels (Marinha dos E.U.A.), Snowbirds (Força Aérea Canadense), além de alguns esquadrões europeus. O Major Pimentel ressaltou que a participação da Fumaça neste evento é de suma importância. “No ICAS, é bastante estimulada a integração entre os segmentos civil e militar, uma vez que os shows aéreos americanos que mais atraem público são os que têm a presença de esquadrões de demonstração aérea militar. A partir da agenda desses esquadrões militares, os shows aéreos civis são planejados em busca de obterem maior número de público para suas demonstrações também, ações que acabam incentivando a integração entre o civil e militar”. Os dois representantes da Fumaça ainda participaram de uma grande agenda de eventos e seminários do ICAS, além de terem feito contato com vários Chefes de Operações de eventos aéreos nos E.U.A., os chamados “Air Boss”, que mostraram interesse em convidar a Fumaça para circuitos de demonstração norte-americanos. *Outras informações com Seção de Comunicação Social da Esquadrilha da Fumaça pelo telefone: (19) 3565-7236.
  3. 19/12/2017 14:52
    Após dois anos como comandante da Fumaça, o Tenente-Coronel Líbero Onoda Luiz Caldas passou o comando para o Tenente-Coronel Marcelo Oliveira da Silva durante a solenidade militar ocorrida no dia 14 de dezembro, na Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP). Como parte tradicional do evento, foi realizada a passagem de liderança em voo. Em uma passagem baixa com oito aeronaves, o Tenente-Coronel Caldas, pilotando sua aeronave no dorso, anunciou pela fonia a passagem de liderança para o Tenente Coronel Marcelo, que seguia à frente dos demais seis aviões. Após o momento solene, o Tenente-Coronel Caldas realizou sua última manobra no comando de uma aeronave da Fumaça e o Tenente-Coronel Marcelo liderou o grupo para a dispersão e pouso. Em seu discurso, o Tenente-Coronel Caldas destacou as relevantes experiências vividas na Fumaceiro e agradeceu a equipe com que trabalhou na Esquadrilha. “Meu maior agradecimento é para a Fumaça, tanto para os integrantes atuais, durante o tempo em que estive como Comandante, quanto para aqueles com quem trabalhei enquanto fui piloto das posições de número 6 e número 7, e para os veteranos e Fumaças Honorários. Vocês sabem como é difícil passar por esse momento de deixar a Fumaça. Claro que, por toda unidade que passamos, guardamos um carinho por aquele momento. Mas com a Fumaça, todos que estão de fora conseguem ver a afeição que temos pelo Esquadrão. Ser Fumaceiro traz muitas lembranças boas, como o voo, pois temos a oportunidade de aprender a voar daquela forma, dentro da técnica e mantendo a segurança. As viagens são sensacionais, pois aprendemos muito. As pessoas que interagem conosco sempre têm uma forma positiva de nos tratar. E a experiência mais sensacional é a inspiração que causamos nas pessoas. Somos tratados como heróis por alguns que nos acompanham e conseguimos provocar orgulho de serem brasileiros naqueles que nos assistem. Isso é fantástico”. Presidindo a cerimônia, o Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica, Major Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, ressaltou sobre o comando da Esquadrilha da Fumaça. “Comandar uma unidade aérea: Eis o coroamento da trajetória de um oficial aviador. Este lugar e este momento permitem-nos unir simbolismos que descrevem com profundidade a nossa profissão. Primeiro, por estarmos no Ninho das Águias, onde sonhos de jovens se tornam vívida realidade, onde ganham asas, consolida-se o caráter e são forjados líderes militares. Não haveria, pois, mais acertado local para se abrigar uma unidade que nascera para motivar jovens aviadores a elevar as cores da nossa nação”. O Major Brigadeiro Damasceno também fez elogios ao comandante substituído, o Tenente-Coronel Caldas. “Cumpre-me agradecer por todo esforço, profissionalismo e entrega incondicional à missão, o que constitui exemplo salutar aos seus comandados e a todos que puderam, prazerosamente, contemplar nos céus a fantástica performance das sete aeronaves que nos representam e nos orgulham por onde passam. Prezado amigo, leve consigo meu pessoal reconhecimento pela sua perfeita condução da Fumaça, entendendo sua unidade aérea como meio de transmissão de conhecimento e divulgação da nossa Força Aérea”. E continuou o discurso passando uma mensagem positiva ao comandante substituto: “viva com alegria e intensidade cada minuto desse comando. Sua história o credencia para ocupar este lugar, neste momento, e para continuar escrevendo os capítulos de sua carreira. Seu profissionalismo e caráter são reconhecidos. E por isso não tenho dúvidas que o seu desempenho à frente dessa nobre missão será irrepreensível”. *Outras informações com a Seção de Comunicação Social da Esquadrilha da Fumaça, pelo telefone: (19) 3565-7236.

3 Produto(s)

Direção Descendente