O Brasil encerrou sua participação nos Jogos Pan-Americanos de Toronto com 141 medalhas, o que rendeu ao País o terceiro lugar no ranking geral. Do total de medalhas, 48% foram conquistadas por atletas militares do Exército, Marinha e Aeronáutica que fizeram parte do Time Brasil.

A Força Aérea Brasileira (FAB) foi representada no Pan por 39 atletas e subiu ao degrau mais alto do pódio por três vezes: com o Coronel Julio Almeida, militar de carreira que levou o ouro no tiro de pistola 50m, com a Sargento Juliana Paula Gomes dos Santos, atleta de alto rendimento que foi a primeira colocada na prova de corrida de 5.000 metros e com a Sargento Tamires Moreno, que levou ouro como pivô da equipe brasileira de handebol.

As medalhas de prata foram conquistadas pelos sargentos Ronald Julião, no lançamento do disco; Daniel Paiola e Hugo Arthuso, dupla masculina de badminton; Luana Vicente, também no badminton, e Vitor dos Santos, componente da equipe de revezamento 4x100 metros.

Já o bronze ficou para os sargentos Daniel Xavier e Bernardo Oliveira, no tiro com arco; Alex Tjong, no badminton; Gideoni Monteiro, na prova Omnium de ciclismo e Julio César de Oliveira, no dardo.

O Ministro da Defesa, Jaques Wagner, comentou a façanha dos militares que contribuíram com as vitórias da delegação brasileira. “Este é o primeiro passo e estou certo que virão resultados ainda melhores nos Jogos Mundiais Militaresagora em outubro, e, sobretudo, nas Olimpíadas”, disse.