por Christiano Pessôa

Fumaça completa 61 anos

Fumaça completa 61 anos

Um misto de alegria e tristeza marcou o aniversário de 61 anos da Esquadrilha da Fumaça, comemorado neste último fim de semana. O evento restrito teve a presença de autoridades, veteranos, honorários e convidados vindos de várias regiões do país. Dois aviões C-99A, um vindo de Brasília e outro do Rio de Janeiro, foram recebidos em voo pela nova aeronave A-29, forma característica de boas-vindas do Esquadrão.

Ainda no sábado, mais um capítulo da história da Esquadrilha ficará marcado em nossas memórias: a demonstração das últimas 4 aeronaves T-27 com as cores do Esquadrão. E o time não poderia ser melhor: estavam o #1 Ten. Cel. Gobett e Brig. R/R Soares Filho, #2 Maj. Escobar e Cel. R/R Voget, #3 Cap. Carvalho e Maj. R/R Vilarinho e #4 Maj. Renó e Ten. Cel. Siqueira. Ainda em solo, antes da decolagem, os oficiais foram recebidos por Anjos da Guardas atuais e os veteranos.

Ao fim do voo, o quatrilho se despediu com a manobra Coração, que foi se apagando aos poucos no céu; E tenho certeza que a imagem ficará guardada na lembrança daqueles que acompanharam os saudosos T-27 Tucanos nos 30 anos prestando serviços do EDA.

Logo após a dispersão, dois A-29 com as cores da Esquadrilha surgem por detrás dos hangares surpreendo a todos com seu som característico e belíssimas passagens. Após o pouso, os dois Super Tucanos foram colocados frente à frente para o corte dos motores.

Alguns poucos veteranos nesse dia puderam sentir o prazer de voar com os novos aviões e pude acompanhar toda os preparativos do Cel. Flemming para o voo inaugural, juntamente com o Cap. Costa. Esta experiência será contada detalhadamente em uma matéria para a revista Avião Revue do próximo mês. Aguardem!

IMG_9988

A tradicional interceptação, característica de boas-vindas do Esquadrão.

IMG_0002

Fumaça dá boas vindas aos convidados

IMG_0004

No comando da aeronave de Brasília estavam Cap. Baldin e Cap. Márcio

IMG_0023

Ten. Cel. Esteves é recebido pelos integrantes do EDA

IMG_0031

Cap. Márcio

IMG_0033

Convidados vindos do Rio de Janeiro são recebidos por integrantes do Esquadrão

IMG_0035

IMG_0049

IMG_0055

Equipe se alinha para último voo dos T-27 Tucanos.

IMG_0067

Ten. Cel. Gobett pouco antes do voo

IMG_0099

Decolagem com fumaça…Já!

IMG_0108

Aviões deixam o rastro de fumaça na pista

IMG_0126

“Quatrilho”

IMG_0147

“Quatrilho”

IMG_0165

“Quatrilho”

IMG_0178

O último “Coração” com os Tucaninhos

IMG_0191

“Quatrilho”

IMG_0230

Entram em cena os A-29

IMG_0235

IMG_0254

IMG_0257

Passagem com os trens baixados

IMG_0270

IMG_0274

IMG_0300

IMG_0325

O corte dos motores frente a frete encerram a cerimônia

IMG_0360 - Version 2

Cel. Flemming e Cap. Costa antes do voo

IMG_0372

Cap. Costa e Cel. Flemming na nacele do A-29

IMG_0383

IMG_0379

Cap. Costa

IMG_0449

IMG_0471

“Um rastro de Fumaça Branca jamais se apagará!” – Ten. Cel. Esteves

Para Relembrar

Para Relembrar

De todos os aviões que pertenceram à fumaça, o Fouga Magister CM-170 é o avião que mais carece de material, de imagens e principalmente de vídeos, isso deve-se também por permanecerem somente um curto período de tempo (1969 – 1974).Essas imagens são reproduções de uma revista estrangeira e a qualidade não é das melhores mas podemos ver com clareza um padrão de pintura diferente mas que mantém as cores de nossa bandeira.

 

Fumaca_Fouga15

Fumaca_Fouga16

Fumaca_Fouga17

Fumaca_Fouga19

Fumaca_Fouga18

 

Fumaça Já!

Passagem de Comando EDA – 2012

Passagem de Comando EDA – 2012

Um misto de alegria e tristeza marca a passagem de comando do Esquadrão de Demonstração Aérea que aconteceu nesta última terça feira dia 18, o Ten. Cel. Wagner de Almeida Esteves passa o comando para o Ten. Cel. Marcelo Gobett Cardoso, após de 2 anos à frente do esquadrão, Esteves passa para o quadro de ex-Comandantes e como ele próprio disse em seu emocionado discurso: “Não existe ex-apaixonados, ex-admiradores e muito menos ex-fumaceiros”.

A passagem de liderança acontece em vôo, onde os aviões são liderados pelo Ten. Cel. Esteves que em vôo de dorso, cede seu lugar para a formação liderada pelo Ten. Cel. Gobett que continua até a dispersão e pouso.
A cerimônia foi presidida pelo Comandante da Força Aérea Brasileira, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Juniti Saito, e acompanhado por oficiais generais do alto comando da Aeronáutica. Após a entrega do distintivo de líder do EDA pelo comandante substituído ao seu substituto, ambos passaram em revista à tropa, apresentando-se em seguida ao Major-Brigadeiro-do-Ar José Magno Resende de Araújo.

Após a cerimônia todos foram ao hangar ver de perto o novo avião que equipará a Esquadrilha da Fumaça, o A-29, o novo avião e sua nova pintura marca uma nova fase do Esquadrão de Demonstração Aérea, assim como aconteceu com a entrada dos T-27 Tucano na Fumaça em 1983.

Cada Comandante tem suas particularidades e tenho certeza que o Gobett foi uma escolha certa para esse momento. Desejo sorte, sucesso muitas alegrias e principalmente bons vôos,

Esteves, sei que você vai ler isso e quero agradecer pela atenção em todas as vezes que estivemos juntos, por todas as trocas de email, mensagens, festas e pelas lindas passagens em cima de casa da qual vibrava como criança.
Minha maior admiração não foi do piloto, nem do comandante que você foi, mas da pessoa que você é, o caráter não nos é dado, temos que constrí-lo peça por peça… por pensamentos, escolhas, coragem e determinação!
Sinto-me honrado em poder voar com a Fumaça, e principalmente em voar com você. Espero poder vê-lo sempre por aqui.

Vida Longa ao EDA!

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

Fumaça Já!

GABAER visita o EDA

GABAER visita o EDA

No dia 11 de Julho, o Esquadrão de Demonstração Aérea recebe a visita de Oficiais do Gabinete do Comandante da Aeronáutica (GABAER), juntamente com o Chefe do Gabinete, o Major-Brigadeiro do Ar José Magno Resende de Araújo.

Às 9:00 da manhã foi realizado um treino com o display de bom tempo na vertical da Academia, com o comando do Ten. Cel. Av. Esteves, o dia estava perfeito para uma demonstração perfeita. Esteve presente também o Comandante da AFA, Brig. Av. Amaral que voou juntamente com o Cap. André, o Maj. Brig. Av. Araújo teve a oportunidade de voar junto com o Maj. Alexandre #6 e o  Ten. Cel. Gobett o próximo comandante do EDA voou em sua futura posição de #1, junto ao Ten. Cel. Esteves.

Fotos: Christiano Pessôa ©

 

 

 

Fumaça Já!

 

 

 

 

Novo comandante do EDA

Novo comandante do EDA

O Alto-Comando da Aeronáutica, em reunião no dia 18 de junho de 2012, selecionou para Comando do Esquadrão de Demonstração Aérea o Ten. Cel Av. Marcelo Gobett Cardoso. É com muita alegria que recebo essa notícia, amigo de longa data, que acompanho desde cadete na AFA .

Gobett, torci e muito para que você tivesse esse gosto e essa alegria na sua vida! Parabéns, Fumaça Já

 

Fumaça na mídia

Na edição de Maio da Revista americana AirShowStuff uma pequena matéria sobre a Esquadrilha da Fumaça nos céus americanos em 2012. Aproveitando o editor incorporou um vídeo que fiz em comemoração ao 60° aniversário da Fumaça.

Quem quiser ver a edição completa de Maio é só acessar:

http://read.airshowstuff.com/Index.aspx

*A AirShowStuff é uma revista digital que tem como foco principal a cobertura dos shows aéreos, não só americanos como de todo o mundo. As revistas digitais estão se popularizando cada vez mais, princialmente nos Estados Unidos e Europa, tendo algumas já feitas em formato para iPad.

**A missão da Esquadrilha para apresentações em solo americano citadas nesta matéria foram canceladas e até o fechamento deste post não há previsão que isso ocorra.”

Fumaça Já!

60 Anos de FUMAÇA

60 Anos de FUMAÇA

Nos dias 12 e 13 de Maio o Esquadrão de Demonstração Aérea comemorou em Pirassununga seu 60º aniversário, uma festa no mesmo nível deste fabuloso esquadrão e que ficará guardado na memória de muita gente e que também enriquece a história da Força Aérea Brasileira. Sei que esta festa não foi feita de uma só mão mas de toda aFAB, que apoiou e acreditou no sucesso do evento.

A intenção desse post não é mostrar mais imagens de aviões e do evento em si, mas para agradecer os homens que construíram a história da Esquadrilha da Fumaça ao longo desses 60 anos e que nesses dois dias deram de presente para nós Brasileiros e amantes da aviação o sentimento de orgulho desse Esquadrão e de nossa Força Aérea Brasileira.

Cel. Esteves, sei que o Sr. não conseguiria fazer esse evento sozinho, mas sei também que qualquer que fosse o problema o Sr. seria o primeiro responsável, acompanhei parte do desenvolvimento desta festa e sabia que os trabalhos e pressões eram enormes e exaustivos, mas mesmo assim com tantas coisas a se fazer era necessário VOAR e levar alegria a esse Brasil afora, e isso eu sei que o Sr. sabe fazer!

Quando estávamos no carro voltando para casa no domingo, o Sr. ainda estava preocupado se tinha feito um bom trabalho…

 - O trabalho foi feito e feito da melhor forma possível, sinta-se de alma lavada e feliz de ser o Fumaça #1 nesse momento ímpar 

Deixo aqui minha admiração e meu respeito. Vida Longa ao EDA… Fumaça Já!

 

 

O Solo do Cap. Conrado!

O Solo do Cap. Conrado!

Sábado dia 19, marca mais uma estréia na Esquadrilha da Fumaça, Cap. Conrado (COD) faz sua demonstração solo, na cidade de Mogi-Guaçu. Quando cheguei no hangar vi que ele já estava lá, com sorriso no rosto e imagino ainda que aquele friozinho na barriga.

Após 1h mais ou menos, os 7 Tucanos aparecem no horizonte com seus faróis ligados contrastando ao céu amarelado de um sol que se esforçava a sair, com direito a passagem baixa e seguida de um looping leque os 7 aviões pousam com mais uma demonstração e a primeira do Cap. Conrado.

O sorriso no rosto aumentou e era nítido a sensação de alma lavada e de conquista de uma das muitas etapas que estão por vir dentro da Fumaça.

Parabenizo novamente à você Conrado, pela grande estréia.

 A equipe nesse dia foi liderada pelo Ten. Cel. Esteves #1, seguidas por:

#2 – Marcelo

#3 – André

#4 – Conrado

#5 – Carvalho

#6 – Escobar

#7 – Franklin

 

 

 

 

Parabéns mais uma vez ao Cap. Conrado e Fumaça Já!!

Para Relembrar

Para Relembrar

UM VÔO INESQUECÍVEL

Em 1983 em Lençóis Paulista, berço do nosso guru José Ângelo Simioni, tive o primeiro contato com a Esquadrilha da Fumaça: um belo domingo de Maio, ali pousaram dois T-25 da renascente Esquadrilha, sob comando do Ten. Cel. Ribeiro Jr. e do Ten. Vilarinho. Do simples propósito de de passar umas horas com a gente, aproveitando um traslado, nasceu lá uma longa amizade que no decorrer dos anos foi ficando cada vez mais estreita.

Dez anos se passaram, quando, em 18 de Outubro de 93, o então Maj. Crispim (hoje Ten. Cel.) me deu um imenso prazer de pela primeira vez, voar num Tucano, o que aconteceu m Joinville junto com o Cap. Flemming.

Passaram alguns meses e surge a idéia da Revista da Fumaça, à qual aderimos em primeira mão em parceria com nosso super patrocinador (Onix Jeans) que, na pessoa do Silvio Leite, comprou a idéia em exatos 2 minutos (Cabral e Cortelleti por testemunha). Compramos a contra-capa mas não tínhamos material à altura para inserir, aí surge a idéia de fazer uma foto juntando os aviões do Circo Aéreo com a ESQUADRILHA DA FUMAÇA!!

Caros leitores, só a possibilidade de concretizar essa idéia, que por sinal foi do Ten. Cabral (Fumaça #6), nos deixou em estado de graça por vários dias. Aprovada a idéia por parte do Comandante, Ten. Cel. Faria, fixamos o dia 2 de Abril de 94 para as fotos. Um T-6 e o Beech estavam em Congonhas. O outro T-6 em Curitiba.

Na sexta-feira, cheios de apreensão por causa do mau tempo, Mônica e eu saímos de Joinville rumo a Sampa para nos encontrarmos com o Cmte. Aymoré e seguirmos devidamente em ala para Pirassununga. O Cmte. May sairia do Bacacheri direto para a Academia. Das 2 da tarde até as 5 ficamos literalmente enjaulados na sala VIP da TAM, devido a uma camada fina colada a 200 pés. Aeroporto fechado visual. May ancorado no Bacacheri.

Passamos 10 minuto, quando já estávamos cobrindo novamente os aviões, a camada dá uma subida para 1.000 pés e o Controle nos autoriza um visual especial. Até Jundiaí condições péssimas, mas a motivação é grande! Chegamos em Pira no pôr-do-sol mais bonito do mundo. A Esquadrilha tinha chegado da turnê Paraguai/Chile/Bolívia poucos minutos antes da gente. Mesmo assim ainda saímos para jantar juntos na Cachoeira. E a dormir cedo que um grande dia nos esperava.

O briefing já foi emocionante: definimos posições, velocidades, procedimentos, freqüências, enfim tudo como manda o figurino: #1 Carlos Edo, #2 Ten. Souza Jr., #3 Ten. Cortelleti, #4 Aymoré no Beech com o Ten. Cabral de co-piloto, #5 Ten. Camelier, #6Ten. Barreto, #7 Maj Rafael, #8 Ten. Gamba e #9 Ten. Cel. Faria. Os aviões “paquera” seriam o Búfalo 2370 sob o comando dos Tenentes Velasques e Elael, na rampa os fotógrafos Carlos Lorch Action Editora e Emílio Porto do Circo Aéreo, junto com o Cap. Flemming operando a comunicação com a Esquadrilha e o Tucano #10 com o Cap. Heitor e o fotógrafo Wagner, também da Action. Infelizmente o May ficou em Curitiba.

Meus amigos, só de voar na cauda de um Búfalo, a poucos metros dele, foi um prazer indescritível. Imaginem agora olhar para trás e ver a Esquadrilha da Fumaça na ala da gente! Foram talvez os trinta minutos de vôo mais bonitos da minha vida. Todos sabem que um dos objetivos da Fumaça é a integração da aviação militar com a civil: acho que estes momentos foram a suprema expressão deste objetivo.

Quando Flemming avisou que nossa parte estava completa, foi como acordar de um sonho, mais ainda tinha para mim um lance maravilhoso: o vôo de espelho com o Gamba! Pela baixa velocidade do T-6 em relação ao Tucano, para ele foi super difícil se manter no dorso, mas mesmo assim as fotos ficaram dez.

Após o pouso, cervejinha super gelada e papo sem fim. Gente, o ambiente que se respira no Esquadrão é de disciplina, trabalho e muita dedicação, mas o maior destaque fica por conta da camaradagem. Ninguém jamais vai conseguir me tirar essas grandes horas que eu tive o privilégio de compartilhar com eles e, por esse privilégio, registro aqui publicamente minha eterna GRATIDÃO.

Carlos Edo: 4.500h de vôo. Piloto de Demonstração Aérea, primeiro Líder Civil de Esquadrilha. Paraquedista com 800 saltos. Criador do Circo Aéreo Onix. Condecorado com a Ordem do Mérito Aeronáutico.

*Texto extraído da Revista Skydive.

Fumaça Já!

1 of 5
12345